Vitrine

Radamés Gnattali

Radamés Gnattali



Radamés Gnattali (1906-1988)

Um dos mais importantes nomes da música brasileira do século XX, a obra de Radamés Gnattali contribuiu para derrubar a barreira entre a música erudita e a composição popular.

Radamés Gnattali nasceu em Porto Alegre, em 27 de janeiro de 1906. Filho de músicos, começoua estudar piano com a mãe, aos seis anos, e posteriormente dedicou-se ao violino, cavaquinho e violão. Formado com medalha de ouro na classe de piano do Instituto de Belas-Artes de Porto Alegre, estudou harmonia na Escola Nacional de Música do Rio de Janeiro. Durante muitos anos foi pianista de cinemas e teatros.

Na década de 1930 dividiu-se entre a composição de peças eruditas e as orquestraçõe de música popular, violando seguidamente a fronteira entre as duas tendências. Trabalhou durante trinta anos na Rádio Nacional. Foi violinista da Orquestra Filarmônica Villa-Lobos e do Quarteto de Cordas Henrique Oswald. Gnattali morreu no Rio de Janeiro, em 3 de fevereiro de 1988.


A obra do compositor, arranjador e instrumentista Radamés Gnattali contribuiu para derrubar a barreira entre a música erudita e a composição popular. Seu nome consolidou-se como um dos mais importantes da música brasileira do século XX. Entre seus muitos arranjos há que destacar o de Copacabana, gravado por Dick Farney, que muitos consideram precursor da bossa nova. Compôs choros, sambas, sambas-canções e valsas. Como compositor erudito, sua obra mais conhecida é a Rapsódia brasileira, mas destacam-se também o Poema, Brasilianas, e Três miniaturas.



Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!
brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com
✔ Brazil SFE®✔ Brazil SFE®´s Facebook´s Profile  Google+   Author´s Professional Profile  ✔ Brazil SFE®´s Pinterest       ✔ Brazil SFE®´s Tweets

Luciano Gallet

Luciano Gallet


Luciano Gallet nasceu no Rio de Janeiro, em 28 de outubro de 1893. Brasileiro de ascendência francesa, situou o seu maior interesse no folclore índio e negro, estudando a sua influência na música brasileira, de que resultou, além de outras obras, Estudos de folclore, publicado postumamente por Mário de Andrade. Recebeu a influência de Darius Milhaud, de quem foi amigo pessoal durante a estada deste no Brasil como secretário do embaixador francês. Gallet morreu no Rio de Janeiro, em 29 de outubro de 1931.

Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!
brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com
✔ Brazil SFE®✔ Brazil SFE®´s Facebook´s Profile  Google+   Author´s Professional Profile  ✔ Brazil SFE®´s Pinterest       ✔ Brazil SFE®´s Tweets

Peter Carl Fabergé

Peter Carl Fabergé


Peter Carl Fabergé (São Petersburgo, 30 de maio de 1846 — Lausana, 24 de setembro de 1920) foi um joalheiro russo de origem franco-dinamarquesa.



Seu pai era o joalheiro Gustav Fabergé e sua mãe era a dinamarquesa Charlotte Jungstedt. Os ancestrais paternos dos Fabergé eram huguenotes originários da Picardia, que deixaram a França depois da revogação do Édito de Nantes. Estabeleceram-se inicialmente nas proximidades de Berlim, depois em 1800 transferiram-se para a cidade de Pernau na Livônia, à época parte da Rússia e hoje Pärnu, na Estônia.



Especializou-se na confecção de obras com motivos de arranjos florais, grupos humanos e animais. Atualmente é mais conhecido pelos seus famosos ovos de páscoa, conhecidos como Ovos Fabergé realizados para a família imperial russa, e que o tsar oferecia anualmente aos seus familiares.


Criados para os tsares russos, os Ovos Fabergé eram obras-primas do segmento da joalheira. Produzidos com a combinação de materiais como ouro, prata, cobre e platina através da utilização de técnicas de esmaltagem plique-à-jour. Esses ovos, hoje, são disputados por colecionadores ao redor do mundo. Seus feitos também influenciaram os pais de crianças pobres a presentearem também seus filhos, mas com ovos de aves decorados.





Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!


⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST


⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography®

⬛◼◾▪ CONTATO ▪

10 CEOs mais Poderosos do Mundo em 2016: Lloyd Blankfein

10 CEOs mais Poderosos do Mundo em 2016: Lloyd Blankfein




Quem é: CEO da Goldman Sachs


Capital de Mercado: US$ 99 bilhões




Envie seus comentários e sugestões e compartilhe este artigo!

brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com

✔ Brazil SFE®✔ Brazil SFE®´s Facebook´s Profile  Google+   Author´s Professional Profile  ✔ Brazil SFE®´s Pinterest       ✔ Brazil SFE®´s Tweets

25 Mulheres Mais Poderosas do Mundo em 2016 - Safra Catz

25 Mulheres Mais Poderosas do Mundo em 2016 - Safra Catz


Cargo: coCEO da Oracle
País: Estados Unidos
Para chegar aos 100 nomes presentes na lista das mulheres mais poderosas do mundo, FORBES realiza uma compilação baseada em oito categorias: bilionárias, empreendedoras, celebridades, setor financeiro, mídia, filantropas, políticas e da área de tecnologia. Em seguida, quatro formas de avaliação são aplicadas: fortuna, presença e importância na mídia, esferas de influência e impacto.
Veja na galeria de fotos as 25 mulheres mais poderosas do mundo em 2016:

Envie seus comentários e sugestões e compartilhe este artigo!

brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com

✔ Brazil SFE®✔ Brazil SFE®´s Facebook´s Profile  Google+   Author´s Professional Profile  ✔ Brazil SFE®´s Pinterest       ✔ Brazil SFE®´s Tweets

Maria Helena Moraes - As Mulheres Mais Ricas da América Latina - 2016

 - As Mulheres Mais Ricas da América Latina - 2016


Com a fortuna avaliada em US$ 3,9 bi (R$ 12 bi), ela ocupa o 460º lugar na lista.

Brasileira mais bem colocada na lista entre as mulheres, Maria Helena Moraes é filha de José Ermírio de Moraes, fundador do Grupo Votorantim, um dos conglomerados industriais mais importantes da América Latina, com sede em São Paulo.  Ela tem participação em empresas financeiras, de cimento, alumínio, papel, energia e relacionadas à agricultura.  A empresa, que está sob controle absoluto da família Moraes, teve ganhos líquidos de US$ 9,4 bi (US$ 22 bi) em 2015, de acordo com a Bloomberg.
Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!

⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST

⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 
⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Regina de Camargo Pires de Oliveira - As Mulheres Mais Ricas da América Latina - 2016

 - As Mulheres Mais Ricas da América Latina - 2016


Com a fortuna avaliada em US$ 3,1 bi (R$ 9,6 bi), ela ocupa o 630º lugar na lista.

Regina de Camargo Pires de Oliveira e suas irmãs, Renata e Rossana, são as acionistas da Camargo Correa, um conglomerado que atua em diversos setores - entre eles o da construção e engenharia.

A empresa foi fundada em 1939 pelo pai delas, Sebastião Camargo, que morreu em 1994.

Segundo a Forbes, atualmente a empresa tem operações em 16 países e emprega 27 mil trabalhadores. Em 2015, a Camargo Correa vendeu sua participação na empresa Alpargatas, fabricante dos chinelos Havaianas, por aproximadamente US$ 500 milhões (R$ 1,5 bi).  A empresa é uma das investigadas na Operação Lava Jato.

Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!

⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST

⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 
⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Eva Gonda Rivera - As Mulheres Mais Ricas da América Latina - 2016

 - As Mulheres Mais Ricas da América Latina - 2016


Com a fortuna avaliada em US$ 5,6 bi (R$ 17 bi), ela ocupa o 269º lugar na lista.

Eva é viúva de Eugenio Garza Laguera, morto em 2008 e que deixou como herança para a esposa e as quatro filhas a participação majoritária na Femsa, a principal engarrafadora e distribuidora da Coca-Cola na América Latina.  Segundo a própria Femsa, os lucros da empresa chegaram a US$ 21 bi (R$ 66 bi) no ano passado. A companhia está nas bolsas de valores do México e de Nova York.

De acordo com a Forbes, a Femsa adquiriu a farmacêutica Farmacon em 2014 com o objetivo de reproduzir o sucesso que teve com a rede de supermercados Oxxo, presente na Colômbia e no México.  Do grupo das mulheres mais ricas da América Latina, Gonda é a única cuja fortuna diminuiu no último ano. Na edição anterior da lista da Forbes, a fortuna era avaliada em US$ 6,1 bi (R$ 19 bi).

Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!

⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST

⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 
⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Maria Asuncion Aramburuzabala - As Mulheres Mais Ricas da América Latina - 2016

 - As Mulheres Mais Ricas da América Latina - 2016


Maria Asuncion Aramburuzabala, ao lado da mãe e da irmã (ambas chamadas Lucrécia), é acionista principal na empresa cervejeira Grupo Modelo, detentora da marca Corona, entre outras.  As mulheres herdaram a companhia em 1995, depois da morte de Pablo Aramburuzabala, pai de Maria.  A empresa foi fundada em 1925, e desde 2013, faz parte da maior cervejaria do mundo, a Anheuser-Bush InBev.  A Modelo está presente em mais de 180 países, comercializa cerca de 15 marcas no México e exporta oito, entre elas a Budweiser e Stella Artois.  Segundo a Forbes, Maria Asuncion Aramburuzabala  também é diretora da Tresalia Capital, uma empresa que oferece serviços de armazenamento de dados.

Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!

⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST

⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 
⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Iris Fontbona - As Mulheres Mais Ricas da América Latina - 2016

Iris Fontbona - As Mulheres Mais Ricas da América Latina - 2016



Aos 73 anos, Iris Fontbona é a mulher mais rica do Chile. A família dirige a mineradora chilena Antofagasta - a 9ª do mundo em exportação de cobre. Ela também é viúva de Andrónico Luksic, um empresário chileno de origem croata que fez a fortuna no setor da mineração e na indústria de bebidas.

O casal teve cinco filhos: Andronicus Luksic Filho, William Luksic, Paola Luksic, Gabriela Luksic e Jean-Paul Luksic. De acordo com a Forbes, depois da morte de Luksic por câncer em 2005, Fontbona e os homens da família herdaram os negócios.

Além da Antofagasta, listada na Bolsa de Londres, a família tem ainda outras empresas, como o controle majoritário da Quiñeco Group, que reúne as empresas financeiras, como o Banco de Chile -  e em outros setores como bebidas, energia, transportes e serviços portuários. Além disso, de acordo com a Forbes, os Luksic também são os proprietários de duas cadeias de hotéis de luxo na Croácia.

Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!

⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST

⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 
⬛◼◾▪ CONTATO ▪
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...